top of page

Abra os Trabalhos

Atualizado: 4 de fev. de 2023

Hub de comunicação colaborativo sobre cerveja artesanal surge como opção para fomentar mercado no Brasil


por Bruno Laurindo


O setor cervejeiro é um dos mais tradicionais do Brasil e tem ampla capilaridade de estar presente em todas as cidades do país. Em uma cadeia que vai do agronegócio ao pequeno varejo, este setor passa pelos principais mercados como embala­gens, logística, maquinário, construção civil, entre outros. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o Brasil tem a terceira maior produção de cerveja no mundo. Dados do anuário da cerveja 2021 informam que nos últimos 20 anos houve um crescimento de 48,5% no número de cervejarias com estruturas próprias de fabricação por todo o Brasil.


Segundo a Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil), o mercado cervejeiro brasileiro vendeu 14,8% bilhões de litros de cerveja só em 2021, reportando um valor agregado à atividade econômica do país de R$180 bilhões, representando 2,1% do PIB nacional. 137.713 foi a quantidade de habitantes para cada cervejaria registrada no Brasil em 2021. Os números representam um aumento da densidade cervejeira no país, que em 2020 era de 153 mil habitantes para cada estabelecimento; foi o que revelou o Anuário da Cerveja.


Com o mercado em franco crescimento e representando uma oportunidade de negócio, as cervejas artesanais, provenientes das microcervejarias brasileiras, ganharam espaço no país. A vantagem nisso tudo é que a cerveja artesanal possui identidade própria, pois cada rótulo carrega a história do criador, a mensagem emitida e uma receita construída a partir de ingredientes nobres.


Diante disso tudo, entende-se que o Mercado das cervejas especiais cresce a cada momento. Com o passar dos dias, novos consumidores vêm se apaixonando por diversos sabores, aromas e experiências que o mundo da cerveja artesanal pode proporcionar.


Pensando nesse universo, o hub de comunicação colaborativo ‘Abra os Trabalhos’ surge com a missão de fomentar o mercado de cerveja artesanal, levando informação de qualidade e com credibilidade a toda comunidade cervejeira. “Hoje, quando olhamos para o mercado, encontramos poucas empresas que trabalham com uma dinâmica de materiais de comunicação para indústria cervejeira artesanal”, lembra o Co-CEO da MeuChope, Augusto Sato. “No ‘Abra os Trabalhos’, vamos publicar muita coisa sobre o mercado cervejeiro, sem sombra de dúvidas”, ressalta.


A iniciativa também reforça o objetivo de apoiar a inclusão e promover a diversidade dentro de um hub de comunicação racional e ético. Na linha de frente do projeto, Pedro Jordan explica como vai funcionar o 'Abra os Trabalhos’. "Criamos um hub de mídias ligado ao mercado cervejeiro. Nele, os empreendedores do mercado e os consumidores vão encontrar assuntos sobre economia, lançamentos, entrevistas, feiras, etc.”, diz. O coordenador do projeto ainda afirmou em quais plataformas o ‘Abra os Trabalhos’ vai estar. “De início o ‘Abra os Trabalhos’ terá um site, perfis no Twitter e no Instagram, e um podcast no Youtube e também no Spotify. Tudo isso para deixar o nosso público muito bem informado sobre o mercado cervejeiro artesanal”.


Pedro promete muitas novidades para o ‘Abra os Trabalhos’ em 2023. Para o coordenador, o hub de comunicação colaborativo era o que faltava na comunidade cervejeira artesanal. Mas o projeto não vai estar sozinho. Segundo ele, colunistas e apoiadores estão juntos na missão de fomentar o mercado cervejeiro, todos na mesma sintonia, contribuindo para entregar conteúdos de qualidade do mundo cervejeiro para o público. Entre os principais apoiadores estão: Abracerva, MeuChope.com, Intap e Remembeer. “É um prazer enorme ter essas empresas aqui com a gente, dentro do projeto, apoiando a causa. É muito importante tudo isso que está acontecendo. Bem-vindos(as) à nossa comunidade!”, comemorou.

Posts recentes

Ver tudo

Siga as nossas redes e fique por dentro de tudo do

mundo cervejeiro!

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Instagram
  • YouTube
  • Spotify
bottom of page