top of page

Circuito Capixaba aquece economia em Venda Nova do Imigrante

Com entrada gratuita, Montanhas Sul fez parte da segunda edição do festival cervejeiro que até o fim do ano terá mais três etapas


Evento contou com a participação de 12 cervejarias artesanais da região. (foto: Bruno Laurindo)

O município de Venda Nova do Imigrante recebeu, no último fim de semana, mais uma edição do Circuito Capixaba de Cerveja Artesanal. A etapa montanhas sul foi realizada, pelo segundo ano consecutivo, no Centro de Eventos Padre Cleto Caliman (Polentão). Doze cervejarias artesanais da região participaram do festival, foram elas: Ronchi, Altezza, Grecco, Nobat, Aurora, Bello Monti, Azzurra, Tarvos, Barba Ruiva, Beerssoli, Piwo e Fatto a Mano. O evento ainda ofereceu, para o público presente, brincadeiras, artesanato e música ao vivo.


Na sexta-feira, 28, Finest Hour subiu ao palco para tocar muito jazz e bossa nova. Em seguida foi a vez Marcelo Ribeiro apresentar seu repertório de muito rock’n’roll para a galera. No sábado, 29, a festa ficou por conta de Saulo Simonassi, RedTube e Banda Moustache. Já no domingo quem comandou a resenha foi Alexandre Borges Quinteto e Amaro Lima.


A gastronomia capixaba também esteve presente. Pastel Zeni, Petisco da Montanha, Fogo Parrilla, Wemmer’s Burger, Aldeia Restaurante, Sandurritus, Costelitos BBQ e Churrasquinho ofereceram o melhor da culinária local. Tudo isso aconteceu dentro de uma estrutura com pouco mais de 2.000m² de área coberta.


“O Circuito Capixaba de Cerveja Artesanal tem o objetivo de divulgar e aprimorar a produção da cerveja artesanal no Espírito Santo”, ressaltou Zé Olavo, diretor da Rota Eventos, responsável pelo festival. “Portanto, a culinária local não pode ficar de fora das etapas, pois, junto com as cervejarias, o artesanato e a agroindústria, contribui para o movimento da economia regional”, explicou o empresário.


O chefe de gabinete da prefeitura de Venda Nova do Imigrante, Marcos Grillo, esteve presente na festa e comemorou. “É importante para Venda Nova ser uma das sedes do Circuito Capixaba de Cerveja Artesanal. Esse tipo de atividade gera emprego e renda. O município está sempre de portas abertas”, reforçou.


O festival também recebeu o coordenador da Copa Capixaba, Ronaldo Rossi, que palestrou em um Workshop para os varejistas. Rossi mostrou as oportunidades que a cerveja artesanal pode proporcionar para um negócio de sucesso. “É maravilhoso poder falar de cerveja! Foi muito legal essa conversa, pois falamos de mercado, propostas comerciais, possibilidades, desenvolvimento, crescimento e parcerias”, disse o coordenador.


Etapas do Circuito em 2023


O Circuito Capixaba de Cerveja Artesanal tem cinco etapas: região norte (realizado entre março e abril em Linhares), montanhas sul (Venda Nova), região sul, imigrantes e região metropolitana. Com a participação de doze cervejarias por etapa, o circuito quer levar para os municípios sedes, cerveja artesanal de qualidade; além de música, gastronomia, artesanato e agroindústria.


A realização do Circuito Capixaba de Cerveja Artesanal - etapa Montanhas Sul - foi da Associação das Indústrias de Cervejas Artesanais do Espírito Santo (AICERVA/ES) e da Rota Eventos, com apoio da prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante, Governo do Estado do ES, Aderes, Sebrae e do Montanhas Capixabas Convention Bureaux. O patrocínio promocional foi da Sudeste Inox e da Oxivit.


GALERIA




Posts recentes

Ver tudo

Siga as nossas redes e fique por dentro de tudo do

mundo cervejeiro!

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Instagram
  • YouTube
  • Spotify
bottom of page